Bonito

Bonito

  • Geral
  • Atrativos
  • Onde se hospedar

Um destino com cachoeiras de águas cristalinas, cavernas e beleza natural por onde se passa. Polo nacional do ecoturismo, Bonito é referência em turismo sustentável e tem um cuidado imenso em preservar tudo para que possamos apreciar essa região para sempre.

Acordar com as araras e mergulhar com os peixes em rios que parecem cinematográficos, é a rotina do turista que visita esse santuário, no sudeste do Mato Grosso do Sul, há 300 km de Campo Grande.

Região central da Serra da Bodoquena, Bonito é lugar de aventura e descanso, quem decide é você.

Confira os atrativos de Bonito e onde se hospedar.

Cachoeiras Serra da Bodoquena

Para quem não dispensa cachoeira no roteiro, esse é um passeio que deve ser considerado. Uma trilha exuberante, há 70 km de Bonito, que percorre a mata por entre pássaros e quedas d’água para se refrescar durante todo o passeio. O local possui excelente infraestrutura, com restaurante, vestiários, estacionamento e área de descanso.

Lagoa Misteriosa

De água com uma transparência que não se vê sempre, a Lagoa Misteriosa é perfeita para praticar a flutuação. Com uma profundidade ainda desconhecida, esse lugar encanta desde a chegada, caminhando por uma trilha de 600m até chegar nesse paraíso.

Abismo Anhumas

Para chegar no abismo é preciso percorrer 72 m de rapel, até se deparar com as águas cristalinas, estalactites e estalagmites. Considerada uma das mais belas aventuras do Brasil, no Anhumas você também pode relaxar em uma flutuação nas águas e apreciar as formações rochosas que estão submersas.

Quadriciclo Trilha Boiadeira

Apenas há 2 km da cidade de Bonito, uma aventura para sair um pouco das águas e acelerar por onde já passaram expedições boiadeiras. São 8 km (ida e volta), com duração média de 1h30m de percurso. No caminho, subidas, descidas e buracos que farão a aventura se tornar ainda mais emocionante.

Lobo Guará Bike Tour

No Parque Ecológico do Rio Formoso, você pode aproveitar uma pedalada em meio à natureza, começando pelo centro da cidade. O percurso tem aproximadamente 14 km (ida e volta), com paradas para banho de rio, contemplar a vista dos mirantes e um merecido descanso.

Gruta do Lago Azul

Ideal para quem quer contemplar uma das maiores cavernas inundadas do mundo. Para chegar até a gruta é preciso descer 300 degraus, aproximadamente 150 m de altura. E vale cada degrau, pois no Lago Azul estão formações rochosas de milhares de anos atrás, difíceis de se encontrar em qualquer passeio.

Quadriciclo Rota Zagaia

Zagaia é um dos principais resorts da região, mas é aberto para todos os turistas, mesmo aos não hóspedes. O incrível é sua pista de 3,5 km ideal para se aventurar no quadriciclo. No trajeto, obstáculos naturais e outros não, compõe uma diversão de 40 minutos inesquecíveis.

Gruta de São Mateus e Museu

Próximo à cidade de Bonito, 5 km, está a Gruta de São Mateus, mais uma das belas cavernas da região. Seguindo por uma trilha suspensa e uma bela mata percorre-se 280 m até chegar à gruta. Dentro da caverna há iluminação artificial e você não precisa fazer o caminho de volta para ir embora, aqui a entrada e saída são feitas por lugares diferentes.

Boca da Onça

Um delicioso passeio, muito procurado pelos turistas. A cachoeira boca da onça possui a maior queda d’água de Bonito, com 156 m de altitude. Pelo caminho, trilhas suspensas, um total de 886 degraus e muita natureza exuberante. Aos amantes de rapel, se preparem para 90 m de descida emocionante com vista para grutas e o belo Canyon do Rio Salobra.

Bonito é uma cidade bem pequena, então não há como errar.

Quem quer estar perto do comércio e restaurantes é legal se hospedar no centro da cidade. O mesmo vale para quem está visitando a cidade sem carro, pois as vans coletivas que levam até os atrativos saem somente do centro.

Quem está de carro e tem maior mobilidade pela região, pode optar por pousadas e spas mais afastados, dando um clima mais interiorano para a viagem.